O QUE É E COMO FUNCIONA A MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO

Esta publicação está em:

Assunto medicina e segurança do trabalho é de interesse de toda empresa brasileira.

Aliás, não apenas interesse, como uma exigência no que diz respeito à adoção de procedimentos que visem garantir a saúde e integridade dos colaboradores.

A legislação é bastante clara quanto às obrigações relacionadas à medicina ocupacional, incluindo o seu papel na realização de exames para admissão ou demissão de funcionários.

Mas o conceito de medicina e segurança do trabalho vai muito além.

Por isso, neste artigo, trago as principais informações sobre o tema, destacando a importância e os objetivos dessa preocupação laboral.

Você vai ver também como a tecnologia tem contribuído para levar ainda mais saúde no trabalho, transformando a emissão de laudos de exames ocupacionais.

Tudo isso representa uma série de vantagens para a empresa, trabalhador e clínica de medicina do trabalho, as quais você vai conhecer a partir de agora.

Qual é o objetivo da medicina e segurança do trabalho?

Disponibilizar atendimento de medicina e segurança do trabalho aumenta a produtividade e reduz as faltas.

O objetivo da medicina e segurança do trabalho é prevenir acidentes e doenças relacionados à atividade laboral.

Amputações, cortes, esmagamentos, lacerações, fraturas e contusões são as ocorrências mais comuns registradas em território nacional.

Atualmente, o Brasil é o quarto país com maior número de acidentes de trabalho no mundo.
Segundo estimativas do Ministério Público do Trabalho (MPT) e entidades que atuam com segurança e saúde ocupacional, uma nova ocorrência é registrada a cada 48 segundos nas empresas brasileiras.
As instituições alertam, ainda, que um trabalhador perde a vida a cada 3h38 no país.
Só em 2017, o Brasil registrou uma média de 539 afastamentos por dia.

Entre 2012 e 2017, 315 milhões de dias de trabalho foram perdidos por causa de doenças e acidentes.
Ou seja, além dos danos às famílias, à sociedade e impactos na vida dos colaboradores que perdem membros, adoecem ou precisam se afastar do trabalho, acidentes e doenças ocupacionais rendem multas e reduzem a produtividade nas empresas.

Isso porque, de acordo com a legislação brasileira, os empregadores são responsáveis por garantir ambientes de trabalho seguros e condições que preservem a saúde dos colaboradores.

Qual a diferença entre medicina e segurança do trabalho

Prevenir e informar também é tarefa da Medicina do trabalho.
Embora os profissionais de medicina e segurança do trabalho atuem em conjunto, as duas disciplinas são distintas.

segurança do trabalho atua na preservação da integridade física, com foco maior na prevenção de acidentes do trabalho. Já a medicina do trabalho é a especialidade médica que lida com as relações entre a saúde dos trabalhadores e sua atividade, visando não somente a prevenção das doenças e dos acidentes, mas a promoção da saúde e da qualidade de vida.

Segundo a Fiocruz, a medicina do trabalho é feita através de ações articuladas, capazes de assegurar a saúde individual, nas dimensões física e mental, e de propiciar uma saudável inter relação das pessoas com seu ambiente social, particularmente, no trabalho.

Inclusive, médicos do trabalho e profissionais de segurança, como engenheiros e técnicos de segurança do trabalho, têm atuação conjunta prevista na Norma Regulamentadora 04.
O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) é exigido de acordo com a quantidade de funcionários e o grau de risco das empresas, também definidos na NR-04.
O enquadramento no grau de risco varia de 1 a 4, sendo que, quanto mais perigosa for a atividade desenvolvida pela empresa, maior o seu grau de risco e maior deve ser a equipe do SESMT.
Ela pode incluir técnicos, engenheiros de segurança, médicos do trabalho, enfermeiros e auxiliares de enfermagem do trabalho.

entre em contato:
📞- (53) 99700-5000
📍 – Rua Major Cicero, 405
💻 – https://www.dssaudeconvenios.com.br/o-que-e-e-como-funciona-a-medicina-e-seguranca-do-trabalho/

Pular para o conteúdo