Por Kimberly Ferreira Enfermeira – COREN RS 552072

O verão está ai e os dias quentes começam a se intensificar. Acompanhe conosco algumas dicas sobre como manter uma alimentação leve e saudável e ao mesmo tempo, em temperaturas elevadas, como conservar estes alimentos em condições favoráveis ao consumo.

  • No calor do verão a tendência é termos menos apetite. Por isso use e abuse das saladas e alimentos servidos frios, eles são mais refrescantes. Também vale investir em grelhados e assados que costumam ser mais leves e agradáveis para o período.

 

  • Também é de extrema importância se manter hidratado, além da água algumas frutas ajudam na hidratação do corpo, como a melancia, o melão e o abacaxi além de sucos naturais que são sempre recomendados.

 

  • Quanto à higiene dos alimentos, nas altas temperaturas a conservação dos alimentos deve ser redobrada, há aumento do risco de contaminação dos alimentos, que pode gerar intoxicação alimentar. Reduza o risco da contaminação higienizando corretamente os alimentos, frutas, verduras e legumes. Você pode utilizar uma solução de água sanitária com água filtrada, por exemplo. Utilize uma colher de sopa para cada litro de água, deixe de molho por 15 minutos e depois enxágüe bem os alimentos.

 

 

  • Certifique-se que os alimentos servidos quentes estejam bem cozidos ou assados. Alimentos congelados devem ser descongelados e utilizados rapidamente, é importante não descongelar na temperatura ambiente, mas utilizando o micro-ondas ou a geladeira. Atente para a limpeza das verduras e frutas antes do consumo.

 

  • Não deixe comidas fora da refrigeração após o consumo ou preparo. Elas devem ser guardadas na geladeira para evitar a contaminação. Segundo a vigilância Sanitária de alimentos, ao deixar a comida exposta por muito tempo em temperatura ambiente, a chance de contaminação e proliferação de bactérias é maior, podendo ocasionar uma intoxicação alimentar.

 

  • Saiba a procedência dos alimentos: Além de conferir se a comida não está vencida, vale levar em consideração a procedência do que você consome. Verifique sempre a data de validade dos alimentos e se a embalagem não está com alguma alteração, amassada ou estufada.

 

  • Adotar uma alimentação balanceada é fundamental, independente da estação. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, é importante dar preferência aos alimentos in natura ou minimamente processados.Refeições leves para não deixar o dia pesado:De preferência para alimentos mais leves e ricos em água e nutrientes para evitar a sensação de cansaço. Não fique longos períodos sem se alimentar durante o dia.

 

 

Por tanto cuidar da conservação dos alimentos que você consome também é preservar a sua saúde. Mantenha uma alimentação balanceada, rica em vitaminas, beba bastante água e evite hábitos sedentários, desta forma seu corpo manterá um equilíbrio e isso o ajudará a suportar melhor o calor do verão.

Em caso de dúvidas de como manter uma dieta balanceada e com nutrientes suficientes para enfrentar o verão, agende uma avaliação nutricional com nossa nutricionista. Entre em contato conosco.

IMPORTANTE : Somente um médico pode diagnosticar doenças, indicar  tratamentos e receitar medicações. O conteúdo apresentado neste portal pretende apoiar e não substituir a consulta médica.

 

 

 

 

Referencias

BRASIL, Ministério da Saúde. Guia Alimentar para a População Brasileira. DF, 2ª edição, 2014. Disponível em < https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf> Acesso em 04 de janeiro de 2021.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Manual integrado de Prevenção e Controle de Doenças transmitidas por alimentos. 136p. Disponível em < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_integrado_prevencao_doencas_alimentos.pdf > Acesso em 04 de janeiro de 2021.

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS. Saiba como se alimentar de forma saudável no verão. Disponível em < https://www.pucrs.br/blog/5-dicas-saiba-como-se-alimentar-de-forma-saudavel-no-verao/> Acesso em 04 de janeiro de 2021.